Ao longo da história, as igrejas sempre desempenharam um papel que vai além da religiosidade.

As igrejas não apenas fornecem abrigo a seus paroquianos, mas são frequentemente usadas como local de encontro nas aldeias, como refúgio durante desastres naturais e até como refúgio para criminosos devido ao seu comportamento legal e seguro.

Nas áreas rurais, eles constroem suas vidas diárias por meio de ligações e trazem boas e más notícias, tanto para casamentos quanto para funerais.a

É por isso que, com exceção da religião, não podemos deixar de considerar esses edifícios como uma parte importante da civilização, se falarmos historicamente.

Nesse caso, diremos a você, a importância dessa igreja não apenas supera a religião, mas também os animais.

Padre João Paulo e seu ato de caridade.


Um dos princípios básicos do cristianismo é a compaixão e a misericórdia, e está intimamente relacionado à obrigação dos cristãos de cuidar do mundo e de seus outros habitantes.

O padre Juan Paulo Araujo Gomes fala muito claramente de seu dever nesse sentido, de modo que sua igreja não oferece apenas refúgio aos paroquianos. O padre pega os cães abandonados que perambulam pelas ruas, garante que eles sejam bem alimentados e permitam dormir.

Mas sua caridade não termina aí, e é por isso que o padre Juan Paulo também procura pessoalmente um novo lar, se comunica com seus paroquianos e usa sua influência pública para encontrar novas famílias para esses cães.

Os moradores de Gravatá, a cidade onde esta igreja está localizada, já estão acostumados a encontrar cães lá e até a ver como eles vagam pelo altar quando adoram.

Não é de surpreender que alguns deles se juntem ao padre durante o sermão e até que cheguem perto dele para receber carinho e bebidas na missa.

Meu pai não tem problemas com isso e sempre consegue prestar atenção a esses animais afetuosos. Graças a ele, o número de animais sem-teto na cidade diminuiu acentuadamente, e sua iniciativa inspira pessoas de todo o mundo, forçando-as a ajudar os animais mais desfavorecidos.