Gata com ‘duas caras’ genética rara que a deixa linda

A condição genética que causa esse lindo padrão de cores também pode acontecer em humanos

Quem vê a beleza da gata Venus acha que ela é simplesmente uma obra de arte da natureza.

E quem pensa assim está totalmente correto.

Isso, pois devido a uma anomalia genética, a gata com ‘duas caras’ se torna uma verdadeira pintura natural.

Venus é portadora de uma rara condição que, em resumo, faz com que haja duas populações genéticas diferentes atuando.

Sendo assim, ela fica dividida ao meio em cores e tons de uma forma única. Venus é, sem dúvida, uma das gatas mais lindas que vemos pela internet.

Enfim, essa condição é chamada de quimerismo. Pessoas e animais portadores têm os corpos divididos ao meio por tons diferentes de pele ou, no caso, pelo.

Mas, convenhamos, é uma coisa tão linda de se ver, que ficamos até hipnotizados com tanta perfeição causada por um ‘defeito’.

Apesar de ser muitíssimo raro, o quimerismo pode atingir cães, gatos e até humanos.

Portanto, a condição também causa efeitos parecidos em pessoas. A cantora e modelo Taylor Muhl, por exemplo, exibe dois tons de pele divididos por uma linha exata que passa pelo meio do corpo.

Em suma, no caso de Huhl, um lado é mais rosado do que o outro.

Ou seja, esta condição resulta em lindos detalhes que nos fazem admirar ainda mais a natureza.

Uma busca por esse termo nos ajuda a encontrar lindas fotos com padrões de cores divididos como se tivessem sido desenhados à mão.

Certamente é uma pesquisa que nos tomaria horas sem que sequer notássemos.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
  • Envie um Comentário: